Você está aqui:Home » Histórico

Histórico

 

Fundado em 01 de novembro de 2012, o jornal O Triunfense circulou com sua primeira edição no dia 21 de dezembro de 2012.

 

MISSÃO

“Produzir conteúdo jornalístico de qualidade, com imparcialidade e credibilidade, levando em conta a relevância da informação no cotidiano dos leitores”

100_0206 com site

 

* Vencedor do Prêmio Destaque Empresarial Premium 2013 – como jornal mais lembrado na cidade, por 58% dos entrevistados.

* Vencedor do Prêmio Destaque Empresarial Auge 2014 – como jornal mais lembrado na cidade, por 52% dos entrevistados.

* Vencedor do Prêmio Destaque do Ano – pelo Instituto de Pesquisas TALLENTO’S, entregue no mês de junho de 2014.

* Vencedor do Prêmio Destaques 2014  – como jornal mais lembrado por 60% dos entrevistados, pelo Instituto Inovare de Pesquisas

* Vencedor do Prêmio Destaque Profissional e Empresarial 2014 – entregue em janeiro de 2015, pelo Instituo Tchê de Pesquisas e Opinião.

 

O COMEÇO

A escolha do nome foi uma homenagem ao primeiro jornal da cidade em que Mônica Patrícia Ferreira trabalhou, o Correio Triunfense e aos seus fundadores João Oscar da Silva (Kako Rodrigues), falecido em 2001 e Clair Rosane Fraga Cunha, falecida em agosto de 2014.

Extinto há alguns anos, o jornal de Rosane Silveira, como era conhecida por todos, tinha a mesma linha editorial e os mesmos princípios que são o alicerce do Triunfense, que surgiu como uma alternativa para a população, que buscava informações imparciais sobre o que realmente acontecia na cidade. O veículo não apoia e nem é apoiado por nenhuma sigla partidária, da mesma forma que não mantém vínculos financeiros ou administrativos com os poderes públicos.

Com a meta de chegar aos quatro cantos do município, centro, bairros e localidades do interior, nas duas primeiras semanas, o jornal O Triunfense circulou com uma edição compacta, com apenas oito páginas, o que possibilitou uma tiragem especial de lançamento de 5000 exemplares nas duas edições.

Em janeiro, o jornal passou a ter 12 páginas, com editorias específicas e também espaço reservado para variedades e cultura. Depois de seis meses de trabalho, na primeira edição de julho de 2013, o número de páginas aumentou novamente, para 16, o que tornou possível o lançamento de um caderno central, unindo as editorias de variedade e cultura, e contanto também com assuntos relacionados à beleza, bem estar, decoração e entretenimento.

O primeiro endereço do jornal foi na Rua Osvaldo Aranha, nº 30 – Rua do Hospital. Em uma pequena sala com cerca de seis metros quadrados. Depois de três meses, a necessidade de  espaço falou mais alto e a redação se mudou para um local maior e mais confortável, na Rua 13 de Maio, nº 646 – sala 03, próximo à Rodoviária.

Em 2013, em comemoração ao primeiro ano de vida, O Triunfense lançou no aniversário de sua fundação, um novo canal de comunicação e interação com a população. O site do jornal entrou no ar no dia 01 de novembro de 2013, como uma nova opção de informação, publicidade, entretenimento.

No ano de 2014, foi necessário aumentar a equipe e definir setores de trabalho . Desta forma, passaram a integrar o jornal, Eduarda Marks como jovem aprendiz no setor administrativo e financeiro. Também em 2014, foi consolidada a parceria entre o jornal O Triunfense e a Rádio Triunfo 87,9 FM. Com isso, a redação mudou novamente de endereço. Desta vez para o segundo andar do nº 415, na Rua Luiz Barreto – centralizando os veículos de comunicação e oferecendo aos assinantes, anunciantes e leitores em geral maior comunidade, fácil acesso e ambiente de atendimento diferenciado.

Em 2015, o jornal O Triunfense passou por algumas modificações e reestruturações. Sua sede e redação foram transferidas para a localidade de Vendinha, no interior do município. Seguindo uma nova tendência de mercado, visando a redução de custos e também pensando no meio ambiente, o jornal passou a contar somente com sua versão online. No site, as notícias são atualizadas diariamente e podem ser acessadas por qualquer pessoa, em qualquer lugar do mundo.

100_1563100_1569-1024x76910155355_737390192961142_3216230483599970558_n10277173_745027782197383_5736523194661435122_n1926661_695582197193017_7193929094635709124_n10532870_713836475367589_40155332982209005_n1896991_856082144425279_7226946101392322412_n10942421_820577401360162_806399533859731458_n1003956_585012641532232_1835495650_n10857961_870822059617954_9193690771202539094_n

 

CARTA DE PRINCÍPIOS

Não somos um jornal de OPOSIÇÃO, nem tão pouco um jornal de SITUAÇÃO. Somos apenas um jornal, focado em divulgar o que acontece na cidade, desde que este fato tenha relevância para a maioria da população.
Nossa missão é ser os olhos e ouvidos da comunidade, trazendo à tona suas dificuldades, seus problemas, suas dores, suas alegrias e suas denúncias, desde que todas elas tenham veracidade. Também é nosso objetivo, trazer ao conhecimento dos leitores, informações e fatos que os beneficie, exercendo um importante papel social – um dos princípios do Jornalismo.
É importante ressaltar a responsabilidade que o profissional da Comunicação tem com a sociedade. Responsabilidade essa que implica em auxiliar o leitor nas suas decisões, aprimorar a cultura, colaborar com o processo de cidadania, divulgar o que é da ordem de interesse público e,principalmente, se responsabilizar por tudo que divulga.
Uma das funções do Jornalismo nos regimes democráticos é fiscalizar os poderes públicos e privados e assegurar a transparência das relações políticas, econômicas e sociais. A melhor maneira de se alcançar essa função é abordar assuntos de interesse público com imparcialidade e credibilidade, evitando discursos tendenciosos e inverídicos.